Orquestrando a Vida pede doações para comprar instrumentos e equipamentos



Depois do susto de ter sua sede arrombada e ver instrumentos e equipamentos de som furtados, no último final de semana, a ONG Orquestrando a Vida volta a contar com a ajuda da comunidade, para manter suas atividades. Doações vão ajudar na compra de novos equipamentos, substituindo aqueles que foram roubados. A entidade fica na Rua Baronesa da Lagoa Dourada, 147 – Centro. Contatos podem feitos via redes sociais, já que o aparelho telefônico da entidade, também foi roubado.

Qualquer doação, em dinheiro, pode ser feita através do Banco Itaú, através da agência: 0463, conta corrente: 36-013-1. As doações devem ser feitas em nome da entidade, que tem o seguinte CNPJ: 06.988.672/0001-33.

– Sempre sobrevivemos através de doações da comunidade, bem como da realização de concertos, festas e almoços. Neste momento, voltamos a bater de porta em porta, contando com a solidariedade do nosso povo, pois ele sabe da importância que o nosso projeto social tem, na vida de crianças e jovens de baixa renda – observa o presidente da Orquestrando a Vida, maestro Jony William.

Música para mudar vidas –No núcleo de orquestras do projeto social, estão centenas de crianças e jovens provenientes de diversos bairros da cidade de Campos e municípios vizinhos, aprendendo música gratuitamente. A Orquestrando a Vida foi criada em 1996, iniciando um legado de grande importância para a cultura local e, principalmente, para a mudança da realidade social dos alunos, em sua maioria vindos da periferia. Alguns dos músicos formados pela entidade, estão atuando em grandes orquestras brasileiras.


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo