top of page

“Orquestrando a Vida” torna-se Propriedade Imaterial e Cultural de Campos


A Orquestrando a Vida é, a partir de agora, Propriedade Imaterial e Cultural do Município de Campos dos Goytacazes. O vereador Raphael Thuin apresentou o Projeto de Lei que foi aprovado pela maioria dos parlamentares da Câmara Municipal. A instituição já atendeu a mais de seis mil crianças e adolescentes que representaram a cidade em centenas de apresentações, em turnês no Brasil e no exterior. “Os benefícios deste reconhecimento são muitos. Ganha o país, que organiza melhor suas informações históricas e culturais, conhecendo suas tradições. Mas, sobretudo, ganha a comunidade, pois a Orquestrando a Vida desenvolve um trabalho de inclusão social com crianças, adolescentes e jovens de comunidades em situação de vulnerabilidade social. Por meio do ensino coletivo da música, o trabalho existe há mais de 26 anos transformando a educação musical em via de desenvolvimento individual e coletivo”, defende o vereador Raphael Thuin. A Orquestrando a Vida foi representada pela psicopedagoga Geane Vianna e pela assessora de imprensa Anaceli Nuffer em solenidade que aconteceu na sede do Legislativo Municipal.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page