Academia de Orquestras

Camerata Aprendiz

Formada por crianças com faixa etária entre 6 e 10 anos, destinada a realizar a iniciação da prática de orquestra com nossos pequenos aprendizes, esta orquestra encontra no repertório folclórico brasileiro, terreno fértil para uma iniciação musical prazerosa e eficiente.

Sem perder o foco no desenvolvimento técnico e musical do aluno, mas sabendo que investir na ludicidade, nesta faixa etária é, sem dúvida, um caminho para chegar a criança, são trabalhados os conteúdos técnicos e musicais, utilizando estratégias de ensino, jogos e atividades lúdicas, para que o aluno possa se desenvolver de forma prazerosa, leve e divertida, com uma linguagem voltada para o público infantil, aproximando o ato de estudar um instrumento, a outras atividades do cotidiano infantil.

Fundamentado na metodologia do método As Aventuras Musicais de Aipim- O Aprendiz de Violino, da autora Keeyth Vianna, os alunos desta orquestra se aprimoram musicalmente, e ao mesmo tempo, se religam as suas raízes culturais, com um ensino que abarca as tradições de seu próprio país.

Em seu repertório, além das canções folclóricas brasileiras, estão arranjos de obras conhecidas da música popular e clássica, brasileira e internacional.

Orquestras 2022 - Antônio Filho21.jpg
thumbnail_IMG_5535.jpg

Orquestra Escola

Este agrupamento sinfônico tem como objetivo a iniciação da prática orquestral, atendendo crianças e adolescentes de 10 a 17 anos. Nesta orquestra também é feito o treinamento dos novos maestros da instituição, visando a formação de novos profissionais multiplicadores na Orquestrando a Vida.

Orquestra Infanto-Juvenil

Nesta orquestra os alunos de nível intermediário, terão a chance de se aprimorar no ambiente sinfônico com o estudo de peças com mais desafios técnicos e musicais. Este grupo atende alunos de 10 a 17 anos.

2º-Encontro-de-Orquestras-Foto-Antônio-Filho-549x340.jpg
Orquestras 2022 - Antônio Filho8.jpg

Orquestra Sinfônica David Machado

Neste agrupamento os alunos, já com sua iniciação fundamentada nas orquestras anteriores, terão a oportunidade de começar o estudo das obras de referência para toda grande orquestra. Nela, além da continuação do aprimoramento técnico, terão como objetivo o conhecimento mais aprofundando e o desenvolvimento da interpretação e do caráter exigido para interpretar compositores barrocos, clássicos e românticos, dando subsídio aos nossos jovens músicos para se desenvolverem com uma base sólida para galgarem novos objetivos musicais.

Está Orquestra Sinfônica homenageia em seu nome o grande maestro David Machado.  Através da Ação Social pela Música, por iniciativa da visionária Fiorella Solares, viúva do saudoso maestro David Machado, a cidade de Campos dos Goytacazes recebeu a primeira delegação venezuelana de professores de música e maestros, com o objetivo de implantar no Brasil o bem sucedido projeto de Orquestras Juvenis e Infantis denominado “El Sistema”. Esta semente germinou tornando a Orquestrando a Vida uma referência no ensino coletivo, com instrumentos de orquestras, no Brasil.

Orquestra Jovem Mariuccia Iacovino

No desenvolvimento das atividades da Academia, em seu núcleo de orquestras, este grupo ocupa uma importante posição, por se tratar de um agrupamento de maior representação artística, se tornando uma referência para todos os estudantes da instituição que almejam chegar neste patamar.

Com integrantes de nível musical mais avançado, com maior maturidade artística, com idade a partir de 11 anos, esta orquestra já se apresentou em grandes palcos no Brasil e no exterior, levando o nome de nossa Instituição e país, trazendo experiências musicais inesquecíveis para os músicos, e oferecendo performances diferenciadas para o público ouvinte.

A Orquestra conta com um vasto repertório com grandes obras da música erudita internacional, além de contar com um vasto repertório de música brasileira, enfatizando a cultura e riquezas de nosso país. A orquestra realiza grandes e diferenciadas evoluções em palco com coreografias mostrando a brasilidade dos músicos.

Cabe a esta Orquestra levar a honrosa missão de manter viva a memória de sua patrona, a grande dama do violino brasileiro, a senhora Mariuccia Iacovino, que em vida presenteou o Brasil com seu talento e amor a pátria e visualizou em Campos dos Goytacazes, na Orquestrando a Vida, a realização de um sonho como educadora de resgatar crianças através da música.

778776_625431864183601_1991091963_o.jpg

Camerata Villa-Lobos

Villa-Lobos sempre acreditou na transformação pela música, seu trabalho pedagógico-musical marcou a história de nosso país. Mais do que uma grande referência brasileira, um gigante que habita no olimpo da música mundial, Villa-Lobos é, antes de tudo, a síntese da brasilidade feita em música sinfônica.

Por esta razão a camerata de professores e monitores da Orquestrando a Vida homenageia, em seu nome, este grande artista e pedagogo brasileiro. Este agrupamento objetiva oferecer aos alunos mais adiantados uma prática camerística, junto aos seus professores. Esta orquestra atua com um repertório diversificado que vai do barroco ao modernismo brasileiro, utilizando os músicos da própria orquestra como solistas, trazendo uma vivencia artística diferenciada para seus integrantes.

Banda Sinfônica Hermes Cunha

Na banda sinfônica encontram-se todos os estudantes de sopros da Orquestrando a Vida. Busca-se na banda, além de um trabalho vezes camerístico, um ambiente que leve o aluno de sopro a um alto aprimoramento técnico. Uma vez que tal grupo exige dos instrumentistas de sopro soluções técnicas e musicais, algumas vezes, diferenciadas da prática em um agrupamento orquestral.

A banda sinfônica Hermes Cunha, além do repertório tradicional, emociona nossa cidade com apresentações ao ar livre, levando o melhor da música brasileira, pop e erudito.

A banda leva o nome de um grande incentivador e apoiador de nossa missão, o professor Hermes Cunha, que credita que através da música podemos orquestrar vidas.

DSC07985.JPG